Viseu

Viseu

Ocupada desde a época castreja, a história de Viseu está intimamente relacionada com a História de Portugal. Se a mítica figura de Viriato, o guerreiro que liderou as tribos lusitanas contra os romanos, deu à antiga cividade um papel de importância vital durante a romanização, também D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, estabeleceu uma estreita ligação entre com os primeiros anos da fundação da nacionalidade e esta nobre cidade da Beira Alta.

Local de importância estratégica e comercial desde tempos ancestrais, muitos são os vestígios que a arqueologia, e por vezes o acaso, aqui vieram a revelar.
Há recantos do passado, bem conservados e apreciados e, acima de tudo, espaços amplos e renovados. O Museu Grão Vasco tem um espólio do Românico ao Barroco, peças litúrgicas e de arqueologia, pintura portuguesa, porcelana e mobiliário notáveis; e viu nascer nas ruas da cidade a moderna arte urbana.

Os edifícios negros da cidade são construídos com o granito da região e contrastam com as modernas fachadas brancas. As ruas também nos levam a atravessar a História, dos tempos medievais aos contemporâneos, passando pela Rua D. Duarte e pela Rua do Comércio, aproveitando o comércio tradicional da Rua Direita e passeando tranquilamente na pedonal Rua Formosa, a nova artéria da cidade, onde se encontra o edifício dos Paços do Concelho.

Outros locais a visitar

Castro da Cárcoda
Carvalhais
Aldeia de Manhouce
Termas de São Pedro do Sul
Serra de São Macário
Aldeia da Pena (Aldeias do Xisto)
Aldeia de Covas do Monte
Serra da Arada
Serra da Freita